Bruno Bevan fala sobre paixão pelo mar e entrega cantadas ousadas que recebe nas redes sociais

Estrela do Camarim Gshow, o ator, que vive Zé Hélio em A Dona do Pedaço, conta o que não tem em comum com o seu personagem e ainda revela que está solteiro

Por Thaís Partamian Victorello
08/10/2019 23:40:00

Foto: Isabella Pinheiro

Quem vê o tímido Zé Hélio nas cenas de A Dona do Pedaço, mal pode imaginar que Bruno Bevan é bem diferente na vida real. Em uma tarde ensolarada do Rio de Janeiro, tendo como cenário um dos cartões-postais da cidade, ele aparece esbanjando descontração e bom humor. Embora seja acostumado a posar para fotógrafos ao redor do mundo, ali parecia o seu verdadeiro habitat natural, já que cultiva uma relação íntima com o mar desde pequeno. A bordo de um barco a vela, um dos seus hobbies favoritos, ele atacou de capitão, exaltou o pôr do sol e ainda mostrou todo o seu carisma durante um ensaio exclusivo para o Camarim Gshow.

"A minha ligação com o mar é muito forte e começou desde criança. Meus pais me levavam para a lagoa de Araruama e eu passava o dia todo lá. O mar me dá uma sensação de bem-estar, uma energizada. É uma válvula de escape que eu tenho", conta o caçula de uma família de três filhos, que sempre se interessou por esportes aquáticos.

"Desde pequeno, sempre surfei. Nos dias que não tinha onda, eu me sentia muito entediado. Aí eu pensei: ‘não tem onda, mas tem vento, então eu vou ter que aprender a velejar’. E foi assim que começou a minha relação com a vela. Depois também passei a fazer kite", completa.


Ainda na infância, Bruno descobriu mais uma paixão: os palcos. A ideia de se apresentar nas peças escolares diante de todos seus amigos e família era algo empolgante para o garoto de São Francisco, Niterói. No entanto, vendo os irmãos trilhando por caminhos mais "tradicionais", ingressou na faculdade de Comunicação Social e tornou-se publicitário. Mesmo assim, ele sabia que a arte o chamava. Foi aí que decidiu virar modelo, para pagar seus estudos. A ocupação fez com que ele conhecesse vários lugares do mundo, mas seu sonho sempre esteve aqui, no Brasil.

"Eu nunca pensei em desistir do sonho de ser ator. Sempre quando eu viajava, o meu objetivo era trabalhar e juntar uma grana para poder voltar e investir ainda mais na minha carreira, fazendo meus cursos. Claro que existem lugares maravilhosos no mundo, mas estar trabalhando com o que se gosta no nosso próprio país, isso não tem preço", diz o ator, que diz se inspirar no trabalho de Selton Mello: "Acho ele um cara super versátil, então estou sempre acompanhando as produções dele. Ele agora como diretor, está incrível".

Após colecionar sete participações em produções da Globo, desde a sua primeira aparição em 2011, na novela Aquele Beijo, eis que chega o momento de Bruno comemorar o seu primeiro papel fixo na TV. Ganhando cada vez mais espaço na trama das 9, com o envolvimento amoroso de seu personagem com Beatriz (Natália do Vale), ele conta que o convite para viver Zé Hélio surgiu de forma inusitada:

"Eu tinha recém-feito uma participação em O Outro Lado do Paraíso quando fui para o México, para uma temporada de oito meses de trabalho como modelo. No meio da viagem, o Guilherme Gobbi, produtor de elenco da novela, me chamou para fazer o teste. Só que ele me mandou um e-mail na quinta-feira para estar nos Estúdios Globo na segunda. Aí eu pensei ‘E agora?’. Mas, quando a gente tem um sonho, nada é um empecilho. Então, na hora, eu comprei a passagem e, em seguida, fui na minha agência dizer que eu estava indo embora. Eles não entenderam muito bem porque o combinado era de eu ficar até o fim do ano. Enfim, foi uma loucura!"

"Eu fui decorando o texto durante o voo e pedi a uma aeromoça para bater as falas com ela. Ela se emocionou na hora e me disse que estava legal. No fim das contas, deu tudo certo e hoje eu estou aqui fazendo essa obra linda", relembra Bruno.


Bruno x Zé Hélio


Com seu óculos de grau, jeitinho de nerd e um computador sempre em mãos, Zé Hélio se difere bastante de Bruno Bevan, que se mostra uma pessoa bem mais agitada e desprendida. Ao Gshow, o ator revela que deu trabalho para a mãe quando pequeno:

"Bem, o Zé Hélio tem cara de que gabaritou todas as provas. Eu fui um aluno de notas médias, de uns sete, mas nunca repeti de ano! (risos) Mas o que eu tenho muito do Zé é esse lado do ser correto, mente aberta, que não tem um olhar de preconceito com as pessoas. Afinal de contas, somos todos iguais."

Com seu jeito educado e romântico, o irmão de Rock (Caio Castro) veio amolecendo, a cada dia, o coração de Beatriz (Natália do Vale), que se mostrava dividida entre manter seu casamento falido com Otávio (José de Abreu) e se aventurar em uma nova - e improvável - paixão. Na vida real, o ator, que se considera abaixo da média dos "namoradeiros" por ter tido somente três relacionamentos sérios, conta o que já fez pra agradar a pessoa amada.

"Eu já mandei flores, já fiz vídeo romântico, coloquei chocolates na cama. Mas, ao mesmo tempo, a gente pode ser atirado também, sem ser tão romântico assim, mas sempre sendo agradável. Eu me considero um cara 60% romântico e 40% atirado", brinca ele.


O solteiro do pedaço


Embora surpreso com o título de galã, Bruno admite que recebe muitas cantadas por aí. Além do carinho dos fãs nas ruas, que se mostram bastante empolgados com o interesse de Zé Hélio por uma mulher bem mais velha, o ator revela que nas redes sociais as investidas são mais ousadas.

"Eu recebo muitas mensagens de pessoas falando sobre o desejo por um nerd e até coisas mais curiosas, como o fetiche delas por alguma parte do corpo, como um pé, uma mão, boca, nariz... Mas eu recebo isso super bem, até me dou ao trabalho de ler esses comentários mais divertidos", conta Bruno, que garante nunca ter recebido nada mais apimentado.

"Até porque esse tipo de coisa a gente deixa para o 'ao vivo' que é melhor!"


Em um relacionamento sério com a Dona do Pedaço, como ele mesmo diz, agora é a hora de aproveitar a chance que teve na trama das 9 para alçar novos voos. No entanto, embora o foco esteja na carreira, Bruno não descarta viver um romance:

"No momento, estou solteiro, mas amor a gente não escolhe data e nem com quem vai acontecer. Não estou fechado nem estou em busca. Eu sou um cara que deixa acontecer. Se eu cruzar com alguém na rua agora que eu me encante, por que não?"

FONTE: Globo
TAGS:

Redes Sociais