Presidente da Tunísia demite primeiro-ministro e suspende parlamento

Milhares de pessoas apoiaram a decisão

Por Redação - Revista EXATO
26/07/2021 09:42:00

O presidente da Tunísia, Kais Saied

O presidente da Tunísia, Kais Saied, determinou a suspensão por 30 dias das atividades do parlamento e a destituição do primeiro-ministro, Hichem Mechichi. O ato ocorreu na noite do domingo 25. A decisão, tomada depois de um encontro na sede do Poder Executivo, atribui para Saied plenos poderes. Segundo ele, a medida está prevista na Constituição.

 

Saied sustentou que há um “perigo iminente”, sem mencionar qual. A Carta Magna dá ao presidente a responsabilidade direta somente por relações exteriores e pelas Forças Armadas. A suspensão das atividades parlamentares aconteceu após protestos realizados ontem contra autoridades do país, em especial o partido governista Ennahda, de orientação isâmica.

 

Segundo a agência Reuters, milhares de pessoas permaneceram nas ruas da capital Túnis e de outras cidades para apoiar a decisão de Saied.

FONTE:

Redes Sociais