Verônica Oliveira: o que é que a baiana tem?

Conheça a trajetória bem sucedida da empresária Veronica Oliveira, fundadora da marca Tapioca da Baiana

Por Thaís Partamian Victorello
09/10/2019 13:11:00

Foto: Fábio Nascimento

Veronica Oliveira

Pra quem entende um pouco da culinária e da cultura da Bahia, sabe que a tapioca é queridinha dos baianos e que, com o passar do tempo, caiu no gosto popular em todas as regiões brasileiras.

Versátil e saborosa, a iguaria feita à base de uma substância extraída da mandioca, que pode ter o recheio doce ou salgado, tem conquistado notoriedade também nos Estados Unidos. Isso por que cada vez mais empreendedores brasileiros tem investido no ramo gastronômico, trazendo para a mesa do americano o gostinho brasileiro.

Uma das principais responsáveis por essa expansão da ta - pioca no mercado americano é a empresária Veronica Oliveira. Fundadora da marca “Tapioca da Baiana”, Veronica mudou-se para os Estados Unidos pensan - do em trabalhar, juntar dinheiro e voltar para o Brasil para investir em uma tapiocaria. O que ela não imaginava é que o sonho seria realizado ali mesmo, na Terra do Tio Sam. Mas engana-se quem pensa que a trajetória trilhada pela empresária foi fácil. Ainda no Brasil, Veronica trabalhou como babá, vendedora e atuou na área da enfermagem. Em 2009, ela de - cidiu mudar-se para os Estados Unidos e foi morar sozinha em Richmond, no estado americano da Virgínia. Tempos depois, mu - dou-se para Massachusetts, onde casou-se com Adriano.

Em 2010, a empresária re - solveu colocar, literalmente, “a mão na massa” e “arregaçar as mangas”, apresentando a comu - nidade brasileira local a goma de tapioca totalmente artesanal, que aprendeu a fazer com sua mãe e sua avó.

O sucesso foi tão grande que em 2015 Veronica e o marido Adriano investiram os recursos fi - nanceiros do casal na compra de um restaurante, o “BR Takeout”, localizado na cidade de Framin - gham (MA), cujo cardápio é to - talmente voltado para a culinária brasileira, e claro que no cardápio não poderia faltar a tapioca. “A ideia de abrir um restaurante sur - giu no ano de 2014, com intuito de focar na comercialização da tapioca como renda extra. A Tapica da Baiana (marca registrada) nasceu antes do nosso restaurante. O sonho já existia, mas Jesus trouxe a concretização e o crescimento”, relembra a empresária.

Com a marca consolidada no mercado e o restaurante muito bem sucedido, hoje o casal de empresários é referência de sucesso para a comunidade brasileira quando o assunto é empreendedorismo.

Confira a entrevista exclusiva que a revista EXATO fez com a empresária da tapioca.

REVISTA EXATO - Quantos empregos diretos e indiretos a marca gera atualmente?
Veronica Oliveira: Nós empregamos em torno de 45 colaboradores.

REVISTA EXATO - A tapioca é um produto tipicamente brasileiro. Como tem sido a receptividade no mercado americano e hispano?
Veronica Oliveira: Temos um excelente retorno dos americanos e latinos em geral. E por incrível que pareça, muitos brasileiros ainda não conhecem tapioca.

REVISTA EXATO - O que diferencia o seu produto, no quesito qualidade, das demais marcas que existem no mercado aqui nos EUA?
Veronica Oliveira: Nosso produto é puro, sem químicos nenhum. Nossa fábrica é local e o nosso processo é o mais artesanalmente possível.

REVISTA EXATO - Qual é o maior desafio para novos empreendedores?
Veronica Oliveira: São muitos os desafios (risos). Eu creio que o maior deles é a educação de público.

EXATO - A Tapioca da baiana está com uma nova embalagem. Qual o motivo da mudança? Tem haver com a identidade da marca?
Veronica Oliveira: Desde o início eu tinha o sonho de trazer, através da embalagem, a nossa identidade, nossa essência...Tudo aquilo que sou, vivo e acredito.

REVISTA EXATO - Você pretende lançar outros produtos com a marca Tapioca da baiana?
Veronica Oliveira: Sim, esse é um projeto que temos para os próximos anos.

REVISTA EXATO - Pra você o que significa ser um empreendedor bem sucedido?
Veronica Oliveira: Ser bem sucedido é algo singular de cada pessoa. Eu creio que ser bem sucedido é ter uma vida com Deus, ter uma família estruturada, e o resto é consequencia de trabalho duro. Quantas pessoas milionárias são miseráveis? E quantas pessoas que vivem com tão pouco são riquíssimas em sabedoria? Esse é um ponto que sempre eu reflito... Meu maior sucesso é a minha família, meus amigos...Ter pessoas que, nas horas mais difíceis, eu possa contar.

REVISTA EXATO - Com a experiência adquirida no setor empreendedor, você tem algum projeto de compartilhar com a comunidade brasileira as informações básicas de como abrir uma empresa bem sucedida nos EUA?
Veronica Oliveira: Esse é um dos meus sonhos: agregar valores em meio a nossa comunidade, principalmente mulheres, que muitas vezes por preconceitos ou até mesmo por violência, foram paralisadas.

REVISTA EXATO - Qual conselho você daria para o imigrante brasileiro que tem o sonho de empreender em solo americano?
Veronica Oliveira: Comece hoje mesmo! Pesquise, estude... Existem conteúdos gratuitos, onde você receberá muitas informações valiosas. O dia é hoje! Segunda coisa: não compartilhe seus sonhos com qualquer um. Existem inimigos vestidos de amigos...CUIDADO: o negativismo e pessoas negativas podem destruir os seus sonhos.
FONTE: Redação - Revista EXATO

Redes Sociais